Esporte Nordeste

News

Navegação

Juazeirense vence e mantém o Náutico na zona de rebaixamento

O Náutico não conseguiu obter sequência de bons resultados e voltou a ser presa fácil na Série C. Jogando contra a Juazeirense no sertão baiano, sob alta temperatura e no gramado irregular, o principal adversário do Timbu foram mesmo os erros de marcação da própria defesa, que teve dois volantes improvisados na principal linha de marcação. A derrota por 2 a 0 mantém o time alvirrubro na zona de rebaixamento após um terço dos jogos realizados.


Mesmo contando com o retorno de atletas titulares durante a maior parte da temporada, o técnico Dudu Capixaba preferiu manter as improvisações da última partida, com os volantes Negretti e Luiz Henrique na zaga e lateral direita, respectivamente. O intuito era resguardar os jogadores e evitar novas lesões, mas o desentrosamento dos atletas custou caro ao Náutico.

Acostumada ao calor e à condução de bola no gramado mais duro, a Juazeirense tomou a iniciativa ofensiva desde o começo da partida. Com um bom volume de jogo no meio de campo e explorando principalmente as jogadas pela ala direita, os donos da casa finalizaram cinco vezes nos vinte primeiros minutos e até acertaram a trave com Eron, de cabeça. O prêmio dos baianos veio aos 23, após um cruzamento que a zaga alvirrubra afastou mal. Jussimar aproveitou o rebote e abriu o placar.

Acuado e com problemas no setor de criação, o Náutico pouco produziu na etapa inicial. Das raras vezes em que conseguiu armar uma boa jogada, não finalizou bem e fez a recomposição defensiva de forma lenta. Como resultado, o segundo gol sofrido surgiu de um contra-ataque aos 43 minutos, também pela ala esquerda. Após cruzamento na área, Luiz Henrique chutou a bola em cima de Negretti e Victor Sapo só escorou no rebote. Ortigoza ainda balançou as redes, mas o gol foi anulado por toque na mão de Robinho, no que foi a única finalização timbu em direção à meta.

Mesmo sem mudança de peças no intervalo, o Náutico voltou um pouco melhor e pressionou nos primeiros dez minutos, mas continuou falhando nas finalizações. Dudu Capixaba trocou um meia por um atacante, acionando Tharcysio no lugar de Dudu, mas o atleta só conseguiu uma boa cabeçada, que Bruno Neri salvou aos 27 minutos. Do outro lado, Bruno também salvou o Timbu de sofrer o terceiro aos 30, em mais um erro de posicionamento da defesa alvirrubra.

Ficha do Jogo

Juazeirense 2
Bruno Neri; Carlinhos, Junior Gaúcho, Eron e Deca; Waguinho, Patrik(Capone), Jussimar(Rayllan) e Juninho Tardeli; Toni Galego e Victor Sapo(Jildemar). Técnico: Ailton Silva.

Náutico 0

Bruno; Luiz Henrique, Negretti, Camutanga e Tiago Costa; Jhonnatan, Jobson(Régis Potiguar), Robinho(Rafael Assis) e Dudu(Tharcysio); Lelê e Ortigoza. Técnico: Dudu Capixaba.

Local: Adauto Moraes (Juazeiro-BA). Árbitro: João Batista de Arruda (RJ). Assistentes: João Luiz Coelho e Gabriel Conti Viana (ambos do RJ). Gols: Jussimar (23 do 1°T) e Victor Sapo (43 do 1°T)(J),(N). Cartões amarelos: Waguinho, Deca e Rayllan(J); Robinho, Jobson e Ortigoza(N). Público: 947 torcedores Renda: R$ 15.915,00.
Share

Gospel Bahia

Esporte nordeste mostra o futebol dos times nordestino atuando nas principais competições esportivas do Brasil

Deixe sua Opinião:

0 comments: