Esporte Nordeste

News

Navegação

Sport abre 3 a 0, mas cai nos pênaltis para o Ferroviário na Copa do Brasil

O Sport teve uma noite para esquecer nesta quinta-feira. Recebendo o Ferroviário, do Ceará, na Ilha do Retiro, pela segunda fase da Copa do Brasil, o Leão chegou a abrir 3 a 0 diante de seus torcedores, porém, permitiu o empate na reta final da partida e teve de decidir a classificação nos pênaltis.


Na marca da cal, a equipe de Nelsinho Baptista sentiu a pressão e acabou sendo eliminada para o Ferrão, que levou a melhor ao superar os rivais por 4 a 3. Rogério e Marlone desperdiçaram as cobranças dos donos da casa.

Agora, o Ferroviário aguarda o resultado do duelo entre Vila Nova-GO e Joinville, que acontece na próxima quinta-feira, para descobrir quem irá enfrentar na terceira rodada do torneio nacional.

O Ferroviário assustou o Sport nos primeiros minutos de partida. Logo aos seis minutos Valdo bacabal quase encobriu o goleiro Magrão de costas e fez um golaço. Já aos 11 o atacante venceu a defesa e cabeceou forte, obrigando o goleiro rubro-negro a fazer grande defesa. Daí em diante o Sport tratou de se impor na Ilha do Retiro e dominou as ações ofensivas.

Aos 26 minutos, Leandro Pereira recebeu cruzamento na medida dentro da área e, sem marcação, acabou cabeceando para fora. Já aos 36 foi a vez de Bruno Colaço, goleiro do Ferroviário, fazer uma defesa espetacular em cabeçada de Henriquez. Ele só não conseguiu evitar o arremate de Anselmo, que aproveitou o rebote de escanteio para matar no peito e mandar para o gol.

Já na etapa complementar o Ferroviário novamente começou assustando, mas não converteu. Aos nove minutos, Valdeci arriscou de fora da área, contou com o desvio da defesa rubro-negra, e viu a bola bater no travessão. O Sport, por sua vez, foi mais eficiente e ampliou no minuto seguinte. Fabrício aproveitou o contra-ataque pela esquerda e cabeceou sem chances para o goleiro.

A festa rubro-negra ficou completa aos 26 minutos, quando Marlone pegou de primeira após cruzamento de Rogério e mandou para o fundo das redes. O que o Leão não esperava era a reação espetacular do Ferroviário, que descontou com Mazinho duas vezes, a primeira de cabeça, depois de cobrança de escanteio, e a segunda aproveitando bom cruzamento, aos 37 minutos, antes de chegar ao incrível empate aos 41 minutos com Valdeci, na pequena área, completando cruzamento.

Desta maneira, a partida teve de ser decidida na disputa por pênaltis, em que o Ferrão levou a melhor por 4 a 3. Rogério e Marlone desperdiçaram as últimas duas cobranças para o Sport, enquanto Mota viu o goleiro Magrão defender seu arremate.

Gazeta
Share

Gospel Bahia

Esporte nordeste mostra o futebol dos times nordestino atuando nas principais competições esportivas do Brasil

Deixe sua Opinião:

0 comments: