Esporte Nordeste

News

Navegação

Sport bate Fluminense e dá passo importante contra rebaixamento

O Sport está vivo, vivíssimo na Série A. Consequência de um Leão determinado contra um Fluminense acomodado, sem aspirações após garantir a permanência na elite nacional na última rodada. Com dois gols de André, os rubro-negros conseguiram emendar, após 25 rodadas, uma então improvável sequência de duas vitórias consecutivas na competição, ao bater o Flu na tarde deste sábado por 2 a 1, no Maracanã. Com 42 pontos, a equipe fez a sua parte. Deixa momentaneamente a zona de rebaixamento e agora tira o secador do armário para se manter fora do Z4.


Todos os olhos da torcida agora se voltam para Ponte Preta x Vitória, no domingo. Um empate mantém o Sport na 16ª posição, fazendo o time depender somente dele para se salvar da degola na última rodada, contra o já campeão Corinthians. Outro jogo que interessa ao Leão neste domingo é Coritiba x São Paulo. Um tropeço paranaense também interessa aos rubro-negros.
O jogo

Desde os primeiros minutos de jogo, o Sport se mostrava mais solto em campo. Parecia jogar na Ilha do Retiro tão à vontade que estava. Marcando sob pressão, tentando tomar as ações da partida e controlar o jogo, o Leão esmagou o Fluminense sobretudo nos primeiros 30 minutos iniciais. Não em vão, aos 23, já vencia por 2 a 0. E com méritos absolutos, frente a um adversário pouco interessado no jogo.

Aos 11, Marquinhos cruzou rasteiro e André assustou pela primeira vez. Três minutos depois, em um script parecido, o primeiro gol rubro-negro. Marquinhos vai novamente à linha de fundo pela direita e cruza rasteiro. André chega trombando com a defesa carioca e consegue empurrar para as redes campo um legítimo centroavante. A resposta do Flu veio pouco depois, com Douglas recebendo nas costas de Marquinhos e, de frente com Magrão, isolando a bola.

À frente do placar, o Sport era soberano. Tocava bola com tranquilidade. Assustou com Durval e Diego Souza, até que aos 23, saiu o segundo. Após cobrança de escanteio rasteiro, a bola parou em André, que girou e bateu firme para ampliar e se tornar o jogador com mais gols pelo Leão em uma edição de Brasileiro. Mesmo superior, o Leão sofreu um duro golpe aos 37. Scarpa cruzou na área, a zaga cortou mal e Marcos Júnior, de bicicleta, marcou um golaço para diminuir o placar.

Segundo tempo

Para o segundo tempo, o técnico Abel Braga resolveu fazer duas alterações: saíram Marlon e Sornoza para as entradas de Matheus Alessandro e Wendel, respectivamente. As mudanças deram mais consistência ao meio de campo carioca e fez da etapa final uma partida mais equilibrada e, consequentemente, dramática para o Sport. Logo aos 6, um susto. Henrique Dourado deu ótimo passe para Marcos Junior, de frente com o gol, para em grande defesa de Magrão. O Leão respondeu logo em seguida, com Diego Souza.

Jogando com maturidade, tocando a bola e deixando o tempo passar, o Sport voltou a assustar aos 17. Após escanteio Diego Souza cabeceou sozinho, Cavalieri deu rebote e André quase marca não fosse a agilidade do goleiro do Fluminense.

A partida seguiu equilibrada, com o Sport administrando bem o resultado. O grande susto rubro-negro, porém, veio aos 30 minutos. Pedro recebeu livre, mas cabeceou fraco para defesa de Magrão. Aos 39, o Leão teve a oportunidade de matar o jogo. Diego Souza, André e Rogério trocam passe e Rogério, na hora do chute, tenta o passe e desperdiça a oportunidade. Até o final, os rubro-negros trataram de deixar o tempo passar. Até a tensão final aos 49 minutos. Falta perigosa para o Flu e Marlon acertou o travessão. Estava sacramentada a vitória do Sport.
Ficha do jogo
Fluminense 1

Diego Cavalieri; Lucas, Renato Chaves, Henrique e Marlon (Matheus Alessandro); Marlon Freitas, Douglas, Sornoza (Wendel) e Gustavo Scarpa (Pedro); Marcos Junior e Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga.
Sport 2

Magrão; Raul Prata, Henríquez, Durval e Sander; Anselmo, Patrick, Marquinhos (Rogério), Diego Souza (Indio) e Mena (Rithely); André. Técnico: Daniel Paulista.

Estádio: Maracanã (Rio de Janeiro-RJ).
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA).
Assistentes: Hélcio Araújo Neves (PA) e José Ricardo Guimarães Coimbra (PA).
Gols: Marcos Júnior (37’ do 1ºT) (F); André (11’, 23’ do 1ºT) (S).
Cartões amarelos: Marcos Júnior, Renato Chaves, Marlon, Henrique Dourado (F); Anselmo, Patrick (S).
Público: 12.819.
Renda: R$ 219.540,00.

Superesportes
Share

Gospel Bahia

Esporte nordeste mostra o futebol dos times nordestino atuando nas principais competições esportivas do Brasil

Deixe sua Opinião:

0 comments: