Esporte Nordeste

News

Navegação

Vitória frustra torcida e perde no Barradão para o Atlético-PR

Perder no Barradão já é rotina para o Vitória.  O time é o pior mandante do Campeonato Brasileiro. E no duelo contra o Atlético-PR,  disputado nesta quinta-feira (19), o Rubro-negro baiano manteve a sina e foi derrotado por 3 a 2.

O próximo compromisso do Vitória é contra o arquirrival Bahia, domingo (22), às 16h (horário de Salvador), na Arena Fonte Nova, válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro.


O JOGO

Pior mandante do Campeonato Brasileiro, o Vitória entrou em campo com o objetivo de mudar esse panorama. Porém, o Atlético-PR tomou a iniciativa do jogo e criou a primeira chance de gol. Aos dois minutos, Ribamar disparou pela esquerda e mandou uma bomba. Caíque pulou e fez uma excelente defesa.

No entanto, aos três, o Atlético-PR abriu o placar no Barradão. Após cobrança de escanteio, Ribamar subiu sozinho e cabeceou para o fundo da rede.

Em busca do empate, o Vitória acionava constantemente o lateral-direito Caíque Sá. Além disso, o time apostava em bolas alçadas na área.

Aos 21, David arriscou de longe e Weverton espalmou. Um minuto depois, Caíque Sá cruzou rasteiro para a área, Wanderson tentou tirar e quase mandou contra o próprio patrimônio. Na sequência, Jonathan cometeu pênalti em Juninho. Neilton foi para a cobrança e empatou o jogo.

O gol de empate animou o Vitória, que chegava com perigo a todo instante. Aos 30,Wallace quase fez o segundo gol do Leão. Ele cabeceou e a bola triscou no travessão.

O Atlético-PR também estava vivo no jogo. Aos 35, Jonathan soltou um foguete de fora da área, mas Caíque espalmou.

Segundo tempo:

O Vitória iniciou o segundo tempo com muita disposição. Aos quatro, David fez bela jogada pela esquerda, passou por Jonathan e encontrou Tréllez na área, que empurrou para o gol. E ele saiu para celebrar a virada do Leão.

O time comandado por Mancini desperdiçou várias oportunidades de ampliar a vantagem. Só que no futebol, o surrado ditado costuma funcionar com precisão: quem não faz, leva. E aos 20, Lucho ajeitou de primeira na direita, Douglas Coutinho, sozinho, se antecipou e empatou o duelo.

Se o empate já era ruim para o Vitória, um revés seria catastrófico.  E foi o que aconteceu. Aos 33,Guilherme levantou na área pela direita na cabeça de Ribamar, que de novo, marcou na partida.

FICHA TÉCNICA
Vitória 2 x 3 Atlético-PR
Campeonato Brasileiro – 29ª rodada
Local: Barradão, em Salvador
Data: 19/10/2017
Horário: 19h (horário da Bahia)
Árbitro: André Luiz Castro (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO/Fifa) e Cristhian Passos Sorence (GO)
Assistentes adicionais: Roberto Giovanny Oliveira  (GO) e Breno Veira Sousa (GO)
Cartões amarelos: Lucho González e Ribamar (Atlético-PR);
Gols: Neilton e Santiago Tréllez (Vitória); Ribamar (duas vezes) e Coutinho (Atlético-PR);

Vitória: Caíque; Caíque Sá (Patric), Ramon, Wallace e Juninho; Uillian Correia, Fillipe Soutto (André Lima), Yago e Neilton (Danilinho); David e Santiago Tréllez. Técnico: Vagner Mancini.

Atlético-PR: Weverton; Jonathan, Wanderson, Thiago Heleno e Sidcley; Pavez (Lucas Fernandes), Lucho González (Matheus Rossetto); Guilherme, Felipe Gedoz (Fabrício) e Coutinho; Ribamar. Técnico: Fabiano Soares.
Share

Gospel Bahia

Esporte nordeste mostra o futebol dos times nordestino atuando nas principais competições esportivas do Brasil

Deixe sua Opinião:

0 comments: